Menu

Branding

A Teoria U Aplicada na Renovação de Marcas

Qual é a primeira coisa que vêm a sua cabeça quando pensa na letra U?

Para empresários, executivos e profissionais de marketing, ela representa muito mais do que uma parte do alfabeto – é uma teoria.

A Teoria U, ou U Theory, é um conceito que vem sendo usado largamente em empresas do mundo todo. Foi criada pelo economista e professor do famoso Massachusetts Institute of Technology, Otto Scharmer, e publicada em formato de livro, sendo traduzida para mais de 20 idiomas.

A teoria possui 7 pilares que, quando organizados no fluxo correto do processo, se tornam a letra U. São eles: suspender, redirecionar, deixar ir, estar presente, deixar vir, decretar lei e incorporar. Esse conceito pode ser usado tanto individualmente quanto coletivamente para melhorar desempenhos, reconhecer fraquezas, definir metas, transformar organizações e produzir melhor. Você precisa desconstruir-se (descer e chegar ao ponto zero do U) para se reestruturar positivamente (subida do U). O afastamento é necessário para analisar e reconhecer os pontos que devem ser trabalhados.

 

 

De acordo com o Presencing Institute, co-fundado por Otto Scharmer, “Não podemos transformar o comportamento dos sistemas, a menos que transformemos a qualidade de consciência e atenção que as pessoas aplicam às suas ações dentro desses sistemas, individual e coletivamente.”*

Mas por quê esse conceito vêm sendo aplicado em grandes empresas?

A Teoria U defende que é possível atingir objetivos utilizando meios colaborativos, formando um novo tipo de liderança e organização. Com a velocidade na alteração das tendências de mercado, é preciso sempre atualizar as marcas em relação à seu público fiel. É imprescindível que, internamente, as equipes tenham um objetivo em comum. É preciso dar “um passo para trás” e eliminar os ruídos para que as metas sejam definidas e estejam claras, tanto para os líderes quanto para todos os colaboradores.

Esse conceito também pode ser aplicado no reposicionamento de marcas diante de novos consumidores. A empresa deve se desconstruir e criar novos cenários, quebrando antigos conceitos e os transformando em novos meios de crescimento – visando conquistar um novo público em potencial. Toda energia deve ser depositada para que as metas se tornem realidade.

Para entender profundamente as etapas e princípios da Teoria U, é possível acessá-los no site do Presencing Institute (https://www.presencing.com/principles).

*Trecho retirado e traduzido do site www.presencing.com.

 

 

 

 

0 Comments Leave a reply

    Leave a comment

    Your comment(click button to send)

    ToThink | Agência de Comunicação e Eventos
    Share

    This is a unique website which will require a more modern browser to work!

    Please upgrade today!

    UA-80589820-1